Strategy e Siteware se unem para revolucionar o mundo da gestão

strategy e siteware

 

Fusão consolida a liderança de mercado e a estratégia de crescimento das empresas. Estão previstas novas aquisições e a ampliação para o mercado internacional, com o apoio do fundo Criatec 2.

O mercado de Fusões e Aquisições movimentou US$ 48,9 bilhões no Brasil em 2017. No total, foram 643 transações, volume 8% maior em relação ao ano anterior, quando foram registradas 597 transações, com valor total de US$ 37,6 bilhões. As informações são do relatório anual da PwC Brasil. O setor de Tecnologia da Informação (TI) liderou os investimentos, com 21% do total transacionado. Foram 132 negócios, contra 104 transações em 2016 – crescimento de 21% no volume total.

É neste contexto que nós da Strategy, líderes no segmento de Gestão de Talentos (HCM), anunciamos a fusão com uma de nossas principais concorrentes, a Siteware, líder do segmento de Performance Corporativa (CPM). Um ambicioso plano de fortalecimento e crescimento. Com a transação, estamos prevendo um crescimento de mais de 100% para este ano. O que representa um faturamento superior a R$ 13 milhões.

De acordo com o CEO e fundador da Siteware, Marcello Ladeira, além de se consolidar na liderança, a empresa ganha uma complementariedade importante em seu mix de produtos, a partir da incorporação dos módulos de Avaliação de Competências e de Remuneração Variável da Strategy. “Em nossa estratégia de aquisições, os interesses vão além da tecnologia e da carteira de clientes”, explica. “Ao contrário da maioria dos concorrentes, não oferecemos uma ‘colcha de retalhos’.” Em menos de um ano, segundo Ladeira, a empresa irá incorporar, de maneira sinérgica, todos esses novos serviços e expertises ao STRATWs One. “Oferecemos um produto integrado de verdade, recentemente fomos escolhidos como a melhor solução de Gestão Corporativa brasileira e nosso objetivo agora é sermos reconhecidos como o melhor produto de ‘Gente e Gestão’ do mercado.”

Apesar de ter mais de 15 anos de fundação, a Siteware tem alma de startup. Em 2015, foi selecionada para integrar a carteira de investimentos do fundo de inovação e empreendedorismo Criatec 2, gerido pela Bozano Investimentos e Triaxis Capital. A partir desse aporte de recursos, deu início a um plano de expansão que envolve a conquista do mercado nacional, por meio da ampliação da sua estrutura comercial e de marketing, além da aquisição de empresas concorrentes. Foi assim com a mineira ControlCorp, ainda em 2016, a partir da qual foi alcançado o posto de líder de mercado, além de uma clientela estratégica proveniente da parceria com a FDC (Fundação Dom Cabral). Agora, com a aquisição da Strategy Manager, a Siteware dispara na dianteira e ganha uma nova sede no estado de São Paulo, reforçando ainda mais a presença neste importante mercado.

Além do financiamento via fundo Criatec 2, a Siteware utilizou recursos de caixa próprio na incorporação da Strategy Manager. Ao todo, já receberam R$ 4,3 milhões do fundo, utilizado principalmente para aquisições dos concorrentes. De acordo com Ricardo Resende, sócio da FC Partners e responsável pela gestão do Criatec 2 em Minas Gerais, a expectativa do fundo é que a empresa atinja cerca de R$ 50 milhões anuais de faturamento. Resende completa que, apesar do fundo estabelecer um limite de seis milhões por empresa, esse valor pode ser ultrapassado caso seja considerado um investimento estratégico.

 

 

Integração Strategy e Siteware

Sobre a integração das duas empresas, de acordo com o COO da Strategy, Omar Ferroni Branquinho, o desafio inicial será a integração das equipes e a disseminação de uma nova cultura. “As sinergias serão planejadas ao longo da integração e devem começar pelas equipes operacionais, especializando-as de acordo com a carteira de clientes, já que temos uma experiência forte no mercado Rio-SP e a Siteware vem de uma base de clientes mais ligada à indústria e espalhada por outras regiões do país.” Tanto ele quanto o CEO da Siteware acreditam que a semelhança na cultura e nas operações de ambas as empresas irá facilitar a integração ao aliar os pontos fortes de ambas, para fornecer soluções ainda melhores para os clientes. “A Siteware foi reconhecida, em 2017, como uma das melhores empresas para se trabalhar em Minas Gerais, de acordo com o Great Place To Work (GPTW). A empresa dá extremo valor ao nosso capital humano e vamos trabalhar de maneira cautelosa na integração das equipes”, afirma Marcello Ladeira.

Referência no monitoramento do desempenho empresarial, a solução da Siteware já é utilizada por grandes empresas do país, tais como Vale, Votorantim Cimentos, Grupo Boticário, Café Três Corações, Pif Paf Alimentos, Lafarge-Holcim, Unimed, dentre outros. Consolidada a aquisição, passam a fazer parte da carteira, empresas como Lojas Renner, Buscapé, Farmácia Pague Menos, Magazine Luiza, Localiza, BR Malls, Oi, entre outros gigantes. Internacionalmente, a Siteware superou concorrentes de peso, como Oracle e SAP, ao fechar negócio com uma das maiores indústrias de café do mundo, a Strauss Coffee. Com sede em Amsterdã, na Holanda, essa organização de origem israelense que opera em sete países, ampliou a presença da Siteware na Europa.

Expansão Internacional

Atualmente, o mercado mundial de Software para Gestão da Performance Corporativa movimenta cerca de R$ 1,5 bilhões por ano. Para o CEO da Siteware, “a expectativa é que, nos próximos cinco anos, esse setor cresça para R$ 2,5 bilhões anuais. No entanto, o Brasil representa apenas 2% do mercado mundial deste segmento. Os EUA, por exemplo, contam com um mercado 20 vezes maior do que o nosso e a Europa representa aproximadamente 20% do mercado mundial.” Portanto, para atingir as metas de R$ 50 milhões de faturamento ano, é preciso trabalhar para expandir cada vez mais a atuação internacional.

“Nosso foco primário são os países europeus”, afirma Ladeira. “Pela nossa experiência, o principal diferencial para atuar nesse mercado é oferecer um produto na língua nativa de cada país.” A Siteware já oferece versões completas de seu produto em oito idiomas diferentes: Português, Inglês, Espanhol, Russo, Polonês, Romeno, Alemão e Hebraico. “Esperamos lançar o STRATWs One em três novos idiomas até o final de 2018.”

 

 

Por | 2018-03-19T13:28:27+00:00 16 de março de 2018|Blog|0 Comentários

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.